Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Afago

Prata... espuma... soltam-se as amarras emergem vozes do profundo verde enclausurado mergulho sobre a imagem que nada na planície e pergunto-te: onde se escuta o canto da margem que vive só? (...)

Anoitecer

Anoitece na perfeição do espaço. Não penso duas vezes. Não temo o meu fumo nem a imperfeição dos instantes. A minha voz desvanece-se. Escuto o meu desequilíbrio na aragem. Não procuro a (...)

Depressa...

Depressa...tragam-me os primeiros frios e as corolas das flores de barro quero que o mundo cante sobre as lágrimas de um azul sazonal e que da minha alma errante emerjam folhas de infinitas (...)

Resina

Na greta da harmonia escavo a minha pele polígono raiado de laranja-vivo semente embalsamada num casulo erguido ao sol que desponta na profunda resina incendiada...