Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Sangue ancestral

 

Não sei que pétalas se escondem por detrás da imensidão do tempo

Mas o frio da distância...esse sublimado estar por detrás das palavras

Esse leme que nos conduz às memórias de serranias e de ventos

Esse sermos nós... feitos da alma da terra... ancestral

Esse silêncio que transportamos...é o que nos aquece...

É o que vela pela nossa pulsação...

É o que circula por dentro da lonjura caiada das casas onde nascemos

Como um artefacto feito do sangue intacto dos nossos avós...

 

Pág. 8/8