Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

A anunciar a rendição a um novo tempo....

Não sinto a agonia da encruzilhada onde desfaleceram os risos
Não sinto sobre as minhas pernas o peso de uma afeição aniquilada
Agora sobra em mim o descanso que gorgoleja sobre o vento
E do fundo das enormes noites perfumadas chegam-me palavras de paz...
Nada perdemos...apenas nos perdemos...
Não há saudade angustiada...preservada numa fotografia em sépia...
Apenas uma bandeira branca eriçada sobre os meus ombros...
A anunciar a rendição a um novo tempo....sem tempestades...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.