Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

A indiferença dos novos para com os velhos

29-goya-dois-velhos-a-comer-sopa-1819-1823.jpg

 (Goya - dois velhos a comer sopa)

 

Era velho e encontrava-se reduzido ao silêncio, não porque não gostasse de falar, mas porque ninguém o escutava. As suas palavras já nada significavam para as pessoas que com ele conviviam. Para os outros era uma figura inútil, sem importância, um ser cujo desaparecimento seria apenas o ponto final numa vida há muito destituída de sentido. Um processo de lento desaparecimento que tinha começado quando a sua voz começara a tremer. Por vezes esforçava-se para se fazer ouvir,na esperança de que alguém se interessasse pela sua conversa,mas era como se fosse um ébrio ou um louco a falar, era como se fosse uma pessoa que delira e o que diz não interessa aos outros. Era um velho,um pária na sua própria casa,era uma hemorragia de silêncio que deslizava em direcção à morte.

Os meus votos para 2018 são para que haja mais respeito pelos mais velhos...

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.