Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Aqui estamos

Por acaso sabes que o mar se espraia nos teus olhos?

Que mitológicos navios aproam às memórias de um tempo salgado?

Não sabes...não sabemos...porque somos sublimes...

Porque caminhamos sobre a sublimidade das águas

E nada nos interessa mais que a brandura das palavras

E nada queremos mais que o esquecimento das batalhas

A maré sobe-nos pela pele...e com ela vem o beijo do vento

E isso nos basta...foi para isso que viemos...

E aqui estamos...

10 comentários

Comentar post