Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Bailado

Bailam olhos nos cometas

Bailam rios bailam prados

Bailam até os soldados

Bailam as volúveis tetas

 

Bailam faces nos espelhos

Bailam inflexíveis farsas

Bailam faróis nos desenhos

Bailam agrestes as garças

 

Bailam pragas nas esquinas

Bailam silêncios nas mãos

Baila a tarde clandestina

Baila o olhar triste no chão...