Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Caído da noite está o momento

Caído da noite está o momento

Em que a vida te espera

Como ave branca

Que voa no espaço inalcansável de ti

Levantas os olhos

E percebes a dimensão incomparável da manhã

O teu corpo recorta-se por fora das palavras

A tua mão toca o pequeno espaço da Vida

Sabes que na distância

A saudade levanta as pálpebras matinais

Vê as razões da partida

Emociona-se com o pequeno voo dos silêncios

Deita-se como se fosse vapor condensado

No começo incompreensível das coisas

E o voo acontece..a razão discorda

A ânsia amansa..já não é a mesma saudade

Agora é uma folha que cai... calada

Aos pés de um tempo sem futuro...

Finalmente adormeces

A noite dói-te...e o vazio abre-se

Como uma janela voltada

Para uma presença ausente!

 

6 comentários

Comentar post