Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Consumição

Renovado  dia em que a idade se desagrega nas sombras cavernais

Somos como vítimas comidas pelas horas...cruelmente desamparados...

E asfixiados pelo peso do olho Universal...

Somos como crianças sempre a tactear os lugares esconsos

Inflamamos as nossas consciências com fantasmas...

Porque é preciso honrar a nossa crueldade...e apaziguar os olhares...

Porque é preciso que o frio se entranhe nos nossos membros...

Porque é preciso que tremamos como a luz de uma vela...venerável...

E que nos renovemos nos dias...chama a chama...

E que ardamos...consumidos de vida...

12 comentários

Comentar post