Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Corrupção...o parente rico de Portugal.

Tenho ouvido diversas opiniões acerca da composição do Conselho Superior da Magistratura. Como se sabe houve uma tentativa por parte do governo para alterar a sua composição.Isto levantou uma grande celeuma por parte dos magistrados.  Agora vamos às opiniões. Miguel Sousa Tavares concorda com as mudanças, porque acha que os magistrados têm que ter alguém  quem prestar contas. Joana Marques Vidal acha que seria uma desgraça se a composição Conselho fosse alterada da forma que o governo queria, (agora o governo recuou). Por fim a antiga eurodeputada Ana Gomes também acha que tem que haver alterações na composição do Conselho, para que não voltem a acontecer situações como, por exemplo, a dos submarinos, onde os arguidos alemães foram condenados, e cá o processo foi arquivado,(segundo ela, por influências políticas). Ora é por isto que nunca sabemos o que fazer, e é também por isto que a corrupção continua a ser o parente rico do país. E nós continuamos a caçar gambozinos. Afinal tudo entronca na frase de Antoine Garapon, juiz francês, que extraí do seu livro - Bem Julgar - "Com efeito o que deve ser transparente não são os homens, são os procedimentos". É que por detrás dos procedimentos é que está o busílis...digo eu!

 

3 comentários

Comentar post