Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Desloca-se a vida

Desloca-se a vida por dentro dos espaços azuis. Há uma manhã a cair sobre este rio para onde correm os meus olhos. Há folhas de árvores descendo a corrente.E o sono terno das aves foge com o vento. Eu, que também fujo da humidade desgastada das memórias abro as mãos onde um pequeno raio de sol incide.E transforma a minha imensa manhã solitária numa fonte de olhos castanhos onde eu bebo o repouso do esquecimento.