Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Digo-te hoje a verdade...

Digo-te hoje a verdade...mentir-te-ei com toda a luz da minha boca
Digo-te que há entre o pensamento e as mãos um mundo de pescoços nus
Digo-te que as certezas dos olhares são frases inventadas
Que os anseios captados pelo coração são incertezas infinitas
Digo-te ofegante e solícito que que te embalo entre o pensamento e a razão
Como se fosses uma irrealidade perante os meus olhos nublados
E digo-te que se a minha boca te procura exaltada
É porque lhe dou licença para entoar a ária majestosa
Que fará vibrar em ti aquela nota desconhecida...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.