Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

Dos mistérios quero ser o seu amor

Peço hoje às ruas para que não guardem os meus passos
Peço hoje aos barcos para que levem o meu grito
Peço às janelas para que se abram ao meu olhar …
E o derramem sobre todo o infinito
Peço aos ouvidos que respirem sons de sinos
Que os espalhem pelos olhos que não vêem
Peço uma parcela de acalmia ao furor
E à nostalgia um som profundo de calor
Dos olhos doces quero beber lágrimas
Quero apanhá-las com a língua da ternura
Quero juntá-las num cantinho acolhedor
Dos mistérios quero ser o seu amor
Que para além do tempo sempre dura.