Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Dos seres informes...nada emana...

Agoniam-me os teus zumbidos de vespa ansiosa...
Agonia-me a tua palidez disfarçada de escuro
Nada do que vive em ti me traz uma recordação agradável
És uma imagem vaga...amarelecida...dissipada...
Hoje és apenas uma...coisa!
Um pátio que a escuridão vomita...
Um esquecimento que a noite já não contempla...
Um ar decepcionado que me dá pena...
Porque de ti ...ser informe...nada emana...