Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Esqueci-me de mim e consubstanciei-me em outro

Esqueci-me de mim e consubstanciei-me em outro
Sou um e outro ancorado em outro
Deixo um e outro desterrarem-me de mim...
Bato três vezes no peito e...faço a minha penitência secreta...
Abro o cortinado ondulante da alma
E salto para dentro da janela da minha outra mente.
Começo a estranhar o enredo deste filme que desconheço.
Sou empurrado por uma profunda curiosidade
Como uma rajada de vento soprando mistérios...
Quero ir mais além... quero espreitar para detrás do palco..
E entro num caleidoscópio de sessões contínuas e raras.
Exijo um lugar no camarote... tem os apoios partidos...
E observo os meus pensamentos a correr no ecran voltado ao contrário...
Estou encarecidamente só e de cabeça para baixo...


Mas sinto-me livre na minha prisão domiciliária...
Estarei a ficar louco?...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.