Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Falésia

Lume farto de dias...lume farto de horas...

Lume profundamente esquecido pelo acaso das ruas

E nós aves...asas partidas ao sonho

E nós perdidos...sonhados pela chama clara dos vulcões

Nada temos a dizer

Apenas chegámos...apenas estamos.

 

Temos os dias onde anunciamos as coisas que não fazemos

Temos as horas onde depositamos todas as promessas...vazias

Cada uma delas mais sobrenatural que a outra

Cada uma delas mais irritantemente falsa

E depois saltamos sobre os abismos

Que já não nos tolhem os passos

Porque em cada falésia está uma música...

Um sopro de pele...um aroma...

 

Duas gotas de alma caem de nós

Duas vidas encontram-se nas pálpebras dos poemas

E que servem...apenas...para a despedida...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.