Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

Flor do olhar

Vivemos rodeados por um mundo

Onde brilham límpidas lágrimas

As palavras devoram-nos

Como arestas apodrecidas pela chuva

Máscaras imobilizam-se por detrás do azul de cada idade

E tu ficas ...só

Na sofreguidão de seres caminho e sombra.

 

Mordo a noite

Atravesso o som aberto das aves

Há um romance em cada primavera

Há um despertar de sombrias bocas aquáticas

E eu chamo-te cristal

E tinta da minha alma

E desperto em cada grão de areia

Bebo o veneno que os dias me trazem

Afogo-me em travessias de cavalos fosforescentes

Brinco com a noite que sai dos meus olhos

Esqueço-me da tua fotografia

A geada escorre pelo meu peito

Abre-se na flor do meu olhar

Despeço-me do horizonte

Enquanto os pássaros debicam as estrelas

Que deslizam pela frescura do teu corpo.

10 comentários

Comentar post