Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Florescimento

Sentia uma breve impressão de algo que crescia como um sono

Eu era um rosto inclinado para dentro da transcendência

Como se fosse habitar o sorriso das coisas

Ou como se fosse uma planta que ondulasse

No lado deslumbrado da natureza

Eu era uma imagem

Uma lâmina que cresce na pureza do mundo

Até atingir o esbranquiçado grito

Exposto à luz banal da manhã

E sentia o cerne do tempo a espreguiçar-se

E a florescer dentro de mim.

10 comentários

Comentar post