Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Fusão

Atrás de mim...o longo hábito da tua sombra. Paciente...espero uma palavra. Um discernimento. Uma explosão de lusco-fusco. Atrás de mim...a cristalização das recordações. A silenciosa confissão de uma promessa...a acenar na evanescente maresia. No frio brusco vi a tua silhueta. Num silêncio terno um agitar de sentimentos. Os meus olhos ardiam no abafado da tarde. Bruscamente percebi em mim uma recatada chama. Uma confusão calma. Um fogo de artifício. Um furtivo sentimento de candura. Que se ia disseminando nas pregas do meu dia. Algures dentro da minha alma.

 

Procuro a vastidão longínqua de um sonho. O crepitar violento de um sentimento primordial. O tombo de uma fusão. O súbito sinal de uma clarividência iniciática. O fantasma. O mistério. O estrepitoso clamor de um mar distante. Um gosto. Um suspiro. Uma luz de chuva a adensar o ar. Enquanto lentamente me liquefaço numa amálgama de respirações profundas.