Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Há um ritmo no vento

Há um ritmo no vento

Há uma nostalgia escondida em cada espelho

Cabelos longos...trilhos de ternura secular

Dentro de nós...os sonhos transformam-se em estátuas

Crescem como um baixo-relevo do futuro

Erguem-se num pedestal de nadas e de esperança

São o pó e a pedra... a lima que esfrega os dias

E que limpa a corrosão das horas....