Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Hoje estou reacionário...

O direito à greve é um direito constitucional. Já não sei se será assim tão constitucional fazer hoje greve para reivindicar aumentos de ordenado para daqui a dois e três anos.

 

Também não sei se é constitucional, (se o é não deveria ser), fazer uma greve por tempo ilimitado, prejudicando e podendo fazer parar um país.

 

Acho, mas isto sou que sou de esquerda, que a lei da greve deveria ser alterada, e que as greves que ponham em causa a economia do país, deviam ter uma limitação obrigatória de duração.

 

Deste modo, esse tipo de greves,( como a dos camionistas e outras semelhantes), deviam ficar limitadas a um máximo de 3 dias seguidos. E só poderiam repetir-se de quinze em quinze dias.

 

Não é justo, que classes que têm poder de reivindicação, possam de forma completamente imoral, prejudicar a vida de todos os outros.

 

Mas o que eu nunca pensei vir a observar, é que um sindicato, ligado à direita, ( o sindicato independente dos motoristas de matérias perigosas), fosse mais agressivo que um sindicato filiado na CGTP. De facto o mundo está a mudar e os sindicatos também.

 

8 comentários

Comentar post