Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Infinito

Tu o és espelho que me prolonga

Tu és a minha definição de infinito...

A minha pátria...a minha leveza

E sobretudo...

A minha razão causal de existir.

O teu luminoso riso apazigua os meus murmúrios

A tua sombra é o meu céu

E és também a folhagem que se agita...

Dentro do meu coração.

8 comentários

Comentar post