Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Lágrimas felizes

Rostos feitos de estrelas

Espreitam pelas frestas dos espelhos partidos

Constelações de pássaros debicam manhãs de sal

E os quartos despedem-se dos suores nocturnos

Enquanto a cidade de veste para um novo dia

Sentimo-nos leves... impesáveis

Saltamos sobre todos os rostos

Traçamos percursos de pólens lívidos e refrescantes

Somos paisagem e máscara

Peso que levita perante um sol frio

Olhos...beijos...chuva alucinada

Tapete voador feito de luminescências

Fugimos das chuvas que derretem

O rímel das longas pestanas

Somos pássaros feitos de paredes caiadas da branco

Alentejo nocturno pintado de estrelas

Que saltam pela planície...crescemos...somos voos ressequidos

Povoamos as manhãs com os nossos corpos segredados

Eu dentro de ti...e tu... em flor

A explodindo numa chuva de lágrimas felizes.

4 comentários

Comentar post