Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Liberdade...

Persegues sombras e espantos

Buscas a liberdade no divagar das ondas

Ferozes são os dias em que estremeces

Longas são as horas em que te perdes

Vês no perfil da luz a tua imensidão

Emerges desse tropel de algemas

Como uma ave que não vê o chão

Porque vogas na corrente que se ergue nos tons de azul

E nesse oceano vasto e mudo

A tua liberdade encontrou o minúsculo grão

Que te percorre em correntezas de alegria

Onde se esvai todo peso da solidão

E é ali...junto ao mar...

Que se erguem os rastos que te guiam

Em direcção ao infinito

Em direcção ao teu labirinto

Onde não perdes de vista a verdade

Porque só tu és tu...porque só tu és liberdade ...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.