Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Na rua deserta

índice.jpg

 

Na rua deserta o ar corre através da minha infância

Sei que naquela rua ainda se ouve o meu riso e que a oliveira ainda estende os ramos no quintal que já não é meu.Mas sei que já não há oliveira, nem quintal. nem a magia das noites de verão.Sei que as minhas raízes se estendem pela penumbra e que no espaço agora ocupado por vivendas as cigarras ainda se encantam pelos meus passos estendidos pelas searas.Há um vazio tremendo nesta rua. Um vazio que faz eco na memória,.Há um sangue profundo a respirar dentro de mim.Olho as estrelas e vejo nelas a fogueira ardente dos meus anseios e percebo que estou em todos os lugares onde estive, como se a minha presença deixasse uma marca indelével no tempo...enquanto eu amadurecia e como se o meu corpo se enlaçasse nas ruas cobertas de escuridão..e os estranhos labirintos da terra me contassem histórias de embalar.