Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Nas fragas dos dias

Nas fragas dos dias caminho

Sou a metamorfose de um nevoeiro

Escrevo o meu prefácio

Sob o voo hirsuto da tempestade

Caminho como quem se agarra a um bordão

Porque a vida é um perfume de teorias

Uma conspiração de silêncios

Um afago...uma floresta...um jornal

A minha tarefa é colher a ironia dos objectivos

Armadilhar os venenos

Desaparecer numa maré descolorida

Entrar na minha concha

Como uma coisa fluida

E ao mesmo tempo aberta

Ao voo complexo dos mistérios

E à teatralidade dos dias.

3 comentários

Comentar post