Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

O choro do silêncio

Tenho silêncios que me envolvem

Tenho um cais e um barco e uma flauta

Tenho uma roda de estrelas mortas à nascença

E uma seara de dúvidas azuis despontando nos meus olhos de criança

 

Troquei a verdade pelo poente

E a morte por uma borboleta verde

Troquei de estrada e de verdade

Troquei a lonjura da escuridão por um fio do teu cabelo

 

Tenho na boca um sabor a metal

Tenho um laço negro e um avião de papel

Da minha boca caem tranças

Das minhas dúvidas nascem tempestades

E as estrelas choram com medo do meu silêncio.

 

2 comentários

Comentar post