Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

O nosso caminho

De repente veio aquela força

Lentamente …

Plantou-se em mim como se habitasse um pedestal

Pétalas de sonho despontavam na minha mão

Eu tremia como quando a terra se assusta

E explodi..como se crescesse por dentro de uma trovoada

O choro das ruas chegou à minha mão...ergui-a

Tracei um risco no lusco-fusco da tarde que oscilava na minha alma

E saí para a minha noite

Descalço...como quem não sabe para onde vai

Mas sabe...que vai encontrar um caminho.

 

12 comentários

Comentar post