Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

O santuário

Perto do local onde vivo existe um pequeno santuário ao ar livre. Hoje, pela manhã um homem acendia uma vela e benzia-se. Pensei no que ele estava a fazer. Pensei se o acender da vela não seria o acender da sua fé, sem ele perceber que ele próprio é a sua própria fé. O homem é maior que a sua fé, é maior que o Deus que ele venera, porque o homem existe e fabrica a fé. Deus é apenas o veículo que transporta o Homem para a sua essência. Ou será apenas uma desculpa para o Homem não se aceitar como sendo ele próprio a essência do Mistério e para não se pensar como Ser autónomo?