Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

folhasdeluar

Poesia e outras palavras.

O sol assalta as searas

O sol assalta as searas

No ar espalha-se o aroma das giestas

As cigarras cantam hinos nessas horas de delícia

Quando o branco caiado das casas adquire os tons claros da aurora

O céu carrega-se de um azul-alentejo

E amaina a perdição dos dias

A vermelhidão do sol incendeia-me

Sou como estrela coberta de poemas

Escuto a campaniça

Na imensidão da planície há sentimento, vozes pacíficas, Cante

Reminiscências árabes

A vida voa baixo com as abetardas

Há um silêncio de cegonhas..um turbilhão luz

Há uma vertigem que ecoa na doce plumagem das vozes

Escuto os seus segredos junto às ribeiras

A luz desce para as águas

Essa luz gigantesca que se senta nas margens..e assombra os juncos

E há em mim um vidrar de garganta

Um emudecer de olhos pasmados pela poalha que cai...

Sobre o dia que finda.