Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

O sonho do homem

O sonho absurdo e estúpido de qualquer homem
Passa por tentar esganar a morte.
Quer ser recordado
Deixar algo que o lembre
Dizer que esteve aqui.
Pensa que viverá eternamente
Na memória das pessoas.
Pobre animal...parvo e ignorante...
Não percebe a lição as coisas...
Que importa a nossa memória?
O que importa é mergulhar na vida
Conhecer a merda, revolver no lixo...
Cair e levantar-se...
Ter histórias para contar...viver...
E...cagar na memória...