Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

O vento segredava como um colar de pérolas

Acho que um dia morri nas ondas suaves das tuas mãos
E a minha alma subiu à superfície da água pura do teu lago
Não senti dor...apenas harmonia
Os meus cabelos ondulavam sobre a água
Ignorando a existência dos apagados da vida
O lago tinha nenúfares...e sentimentos...e ervas mortas...
O sorriso corria em segredo no meu rosto
O vento segredava como um colar de pérolas
Harmonia...flores...sentimentos...
Depois ressuscitei …
E soube que não valia a pena perder tempo com amarguras!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.