Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Olho para a escuridão...

Olho para a escuridão...habito todas as possibilidades

Oiço o tempo a escoar-se pelo vinil...música muda...é possível viver sem escutar

Desfolho os rostos que já esqueci...ou nem tento sequer lembrar...

São rostos anárquicos...cheios de outros tempos...cheios de outras eras

Onde éramos...outros...

 

E ali ficámos a beber o silêncio

Firmes...como se criássemos a vida...

Confusos como se a existência não estivesse ali...

Soltas as amarras...o porto ficou para trás...o barco desancorou

As coisas permaneceram...confusas...