Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Onde estamos?

Onde estamos...nós... os que oscilam no vazio

Nós...os se lavam nas margens opalinas da noite

Como fugazes sóis...como estremecimentos de exílios

Nós...aqueles que já não querem nada

Que já não procuram nada

Porque sabem que de uns lábios vazios nascerá um outro poema

Porque sabem que de cada nuvem descerá uma luz

Que nos lavará do medo e do silêncio

Que nos trará a húmida e cálida felicidade

Nós...animais emboscados em falsas esperanças

Onde estamos?

6 comentários

Comentar post