Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Os livros são...pessoas!

Todos os livros esperam uma mão que os desfolhe. Todos os livros esperam um olhar que os acolha. Todos os livros esperam a estante onde podem descansar. Todos os livros ganham vida na casa de quem os possui. Todos os livro são máscaras e campos floridos. São presença que se implanta na memória. São pupilas brilhantes. Os livros estendem as suas palavras como se fossem dedos que nos agarram. São fontes de luz e transparências de cristal. São libertações e castiçais. São vislumbres de pensamentos e espuma de mares desconhecidos. Os livros possuem-nos. São céus azuis e límpidos espantos. São serenas tardes e mornas madrugadas. São corredores e navios. São claridades e barcos. Cais e ruas. São perfumes e suspensões de vazios. São auréola de dias tristes. São braços e vento e pátria. São brisas frescas e searas de cristal. São pássaros vermelhos e garras de lua. São baloiços e árvores. São correntes de pensamento que fluem em rios tranquilos. São pequenos raios de sol e extasiadas borboletas. São longas vidraças por onde espreitamos céus e abismos. São vibração e folhas caindo. São dança de lua e face de planície. São força e caverna. E acendem-se em nós como um vitrais de ouro que nos penetram. São pássaros azuis e florestas de cristal. Os livros são palavras dentro das pessoas. Os livros são palavras com pessoas dentro. Os livros são...pessoas!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.