Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Página rasgada

Corria um vento branco...excessivo

Um vento que derretia todos os sonhos

E eu cansado do teu perfume

Peregrinei pela noite

Apanhei do chão as fluorescências

Que pendiam da tua inóspita alma

Olhei-te de soslaio e não te quis reconhecer

Eras a nuvem que vagueia pelas ruelas

Despedi-me para sempre do amanhecer do teu corpo

Rasguei a tua página ….e adormeci feliz!

8 comentários

Comentar post