Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Palavras soltas #17

I

Constelações...tectos onde as estrelas dizem noite

verdades...sombras de diálogos ondulantes

palavras...cristais que despertam no esquecimento

II

Tacteio o teu cintilar como se fosses a minha luz

nado na tua vagarosa sílaba inacabada...é meia-noite

e eu desço pelo fio de seda que me prende a ti...

sempre preso a ti...

III

Tu que escutas a cotovia que resplandece na hora do desconsolo

e tens nos olhos os cacos do mundo para colar...

e na pedra os escombros da eternidade

antes que chegue a manhã...procura o sentido do tempo marinho

procura as coisas que fazem os corações desabrochar...o alvo vermelho da inocência

procura o ar que te respira... a troca de olhares sob as folhas doiradas das tílias

depois podes avançar...nada te prende...porque a folhagem respira o teu nome.

6 comentários

Comentar post