Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Pensamentos à solta

 

**

Há nos dias um fogo gelado... onde a alma suavemente se consome...

**

Todo o Homem é um fim e um começo...e nada mais é... que um caos inexplorado...sempre sedento de si...

**

Há um tempo que nos envolve...um mistério tímido que vive nos quartos

Enquanto a luz mancha a sombra infinita do partir....

**

Toda a gente aspira a ser livre...esquecendo, muitas vezes, que primeiro é preciso libertar-se de si próprio....

**

Tudo cabe dentro do mistério..até a ilusão de que tudo tem um significado...

**

A poesia é o real transformado em belo...

**

Há um caminho na imaginação que os homens esquecem...e que só as crianças conhecem.

**

Em ti pinto o mundo..porque do meu corpo saem desejos coloridos..

**

Quando vires submergir a noite...recorda-te que a manhã é a neblina do dia desconhecido.

**

Levar a vida a sério...é perder o tempo precioso dos sorrisos

**

Olho as horas que correm sobre as pedras imóveis... e nessa distância de mim...acredito que as palavras não sofrem...

**

Gostamos de gostar e gostamos que gostem de nós, mas todo o gostar pressupõe conhecer

**

Há um desassossego que nos sufoca os dias...sabêmo-lo bem...e no entanto somos incapazes de respirar a paz do tempo eterno, porque sentimos que há tanto para fazer no tempo que nos resta.

**

Nos dias de hoje queremos tudo certinho e catalogado, abominamos o que não faz sentido, mas porque é que as coisas têm que fazer sentido? Não será o que não tem sentido uma realidade? Não vivemos nós num mundo onde nada tem sentido?Talvez a beleza da vida resida nas coisas que não têm sentido aparente , porque são essas coisas que nos fazem procurar algo que faça sentido e essa busca é incessante, porque nada está acabado nem definitivamente perdido.