Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Permaneço...espero...

Permaneço...espero...

Escuto a música aquática das conchas

A lua aparece sobre a inaudível maresia..

Fala-me de segredos e de passos que se foram

Brandas vagas...fotografias convulsas...delicados peixes

Tudo chega com a frescura do crepúsculo

Vejo os restos da alguma sereia

Agarrados ao afiado bico das gaivotas

Sinto a poeira da cidade a enganar a noite

É o peso da alma a denegrir os olhares

Esboço a paisagem...bebo as estrelas

Conheço o cais onde o meu corpo

Será impregnado do cheiro amargo do lodo

Talvez alguém traga uma cítara

Toque a melodia do sonho

E eu me agite em convulsões de alegria.

2 comentários

Comentar post