Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Porque é que as pessoas se sentem perdidas?

 

O filósofo não é aquele que ensina filosofia...é aquele que vive de acordo com a sua filosofia.

 

Questionamos até à saciedade porque é que tantas pessoas sofrem de depressão, de stress e de melancolia?

 

Pois bem, é porque as pessoas se sentem perdidas nesta sociedade individualista. É porque as pessoas não têm uma filosofia de vida que sigam. É porque as pessoas vivem ao sabor do vento.

 

Estude-se a filosofia e aplique-se a filosofia à vida e certamente esta fará pelo bem estar psicológico do homem/mulher, bem mais que todos os psiquiatras, psicólogos e livros de auto-ajuda  juntos.

 

A filosofia é a ciência da vida. Alguns preferem a religião, mas ao contrário desta, a filosofia não tem dogmas, ou se os tem cada um pode optar pelo sistema filosófico que entender,enquanto todas as religiões vivem nos seus dogmas.

 

No tempo dos grandes filósofos gregos, a filosofia também era aplicada à governação. Leia-se a República de Platão e lá está a tentativa de encontrar um sistema perfeito para governar a sociedade.Se em vez de advogados e economistas tivéssemos filósofos nos governos, certamente teríamos sociedades mas justas e mais equilibradas.

 

A filosofia é desvalorizada nos tempos que correm. Ou porque as pessoas não têm curiosidade ou motivação para pensar a vida, ou então por razões culturais. As pessoas não procuram caminhos que possam explicar a vida. Então, deixam-se cair em depressões e atascam-se em comprimidos, quando deveriam ler livros...de filosofia...e outros claro!

 

É que viver...é manter-mo-nos em harmonia com o universo em que participamos,(como diziam os estóicos), e é nessa harmonia que podemos encontrar o sentido da nossa vida.

3 comentários

Comentar post