Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Precisamos de mais sol

Cresce a luz sobre os passos perdidos na noite

Outros sonos cobrem a cidade adormecida

E de repente a chuva incendeia a solidão

Já perdemos tantas fotografias

Já não somos ninguém à janela de vidros espessos

Agora sonhamos com pontes feitas de imóveis pedras de jade

Sonhamos com fontes solares

Fontes que nos acompanhem na sombria travessia dos céus

E também na pureza de um grito encerrado numa noite branca

É preciso que as pessoas se enterneçam

Que deixem os profetas da lama

Sós nos seus delírios

Enfeitados com penas incolores

Que as palavras não descrevem

Enquanto as águas superficiais e frias

Clamam por mais sol!

8 comentários

Comentar post