Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Revolves as águas...

Revolves as águas...esgadanhas prantos

Soltas guturais gritos...na boca dos Santos

 

Ergues os braços..destróis as ondas

Procuras espaços..onde não te escondas

 

Despes navios negros..assombras as clareiras

Dizes poesia..acordas as ribeiras

 

Mas só não te esqueces..desse teu inferno

Infinito intruso... nas noites de Inverno

 

Que se alapa ali..mesmo ao teu lado

Como Deus do tempo...como luar cerrado.

 

2 comentários

Comentar post