Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia

folhasdeluar

Poesia

Sabes que é possível viver como um pássaro?

Tocam-se músicas

Em guitarras de cordas oxidadas

Estranhos sons eclodem no coração da terra

Linguagem de plantas

Formidáveis momentos

Onde se crucificam os abismos

O mundo é uma esfera angustiada

Ervas erguem-se perante a maresia

Despertam na esterilidade das horas

Falam como uma escuridão

Incham nas memórias da existência

E reproduzem-se para lá da vida

Pairando como aves

Que enviam mensagens em código

Bilhetes de esperança...

A pele é uma ave

Que se esconde numa pose de seda.

 

Conhecemos a dor...conheces a dor?

Sabes que é possível viver como um pássaro?

Voar...ser uma verdade cheia de céus

Um acorde de violino que se espraia na areia

Ou até um sótão onde se pode escutar o teu sono

Como um deslizar de sorrisos

Ou como uns olhos que sabem onde tu estás!

2 comentários

Comentar post