Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Sorriso...

Sorris... num sonho luminoso e longínquo

Como se fosses um longo encanto que me iluminou as trevas

Onde eu permanecia...como um gigante...que bebia a tua luz

Era um sonho feito de uma noite húmida...derradeira

Nascida de um verão feroz e profundo...como uma censura

Bebi desse cálice de onde despontava timidamente a tua natureza

E... foi um encanto...o ar da noite...uma aventura...

Uma volúpia feérica...um corpo de marfim...uma fundura...

Onde me despi ...nos exílios profundos da ternura....

1 comentário

Comentar post