Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

Sossego de pedra

Dentro do sossego do outono...

Enrolado em folhas cai o tempo

Amanhã passará um carreiro de aves

Em direcção ao meu coração.

 

Pedra de dor a cobrir a ausência disfarçada em amplos azuis solares

Rumor de vento que seca os olhos...disfarçados...retesados...

Repartidos pelos recantos onde se esconde o mar...salgados...

 

Forma-se um pássaro dentro de mim

Acode-me o vento...disponho do tempo

Soletro doutrinas nas asas do vazio

Cada gota de chuva tem um sabor...

Em cada passo um ritmo...uma direcção...

 

Afogarei as mãos num riso de criança

Afastarei a espuma com gestos leves...

Carícias de seda...pele

Quem me leva...quem me levanta...

Só tu...que não me conheces...

10 comentários

Comentar post