Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Outros mundos...

Se me disseres que na côr dos poentes ardem febres Se me disseres que para além do mundo ainda resta uma longa estrada E que as trovoadas ecoam na lonjura dos vales Se me disseres tudo (...)

Asas

Neste lugar pejado Com gritos de búzios e risos de sol Pés marcados na pedra Alma e coração nas nuvens.   Asas de insónia na verruga da noite E o espanto de fragas Pelos cabelos de criança

Palavras breves...

Evadi-me do mundo como quem se despede da perfeição do destino   Cambaleei...na suspensão abandonada do lago E perante a luz branca e gasta...ouvi mil vozes semeadas ao acaso   Passeei como (...)

Dias coloridos

 Dias coloridos...prateados...pintados com a liberdade de percorrer as ruasTela de tardes e horas cinzentasTela recriada em jardins de silêncio... onde caramanchões de tímidos desabafosSe (...)

Esferas

Encosto-me ao sono das janelas O vento trás-me o adeus das folhas amarelas Na frescura da insónia florescem peixes  sem tempo Pela brisa perpassam solitários dedos E o sangue do sono (...)

Sombra lenta

Sombra lenta e real Que cavas nos olhos do silêncio O fim e o princípio de tudo E vives numa floresta Que se repete nas raízes que não vemos Como se o avesso do amor... Fosse o musgo que se (...)

A fuga do tempo

Quando cheiro uma flor... sei que dentro de mim renasce a vida Dentro dela está o tempo e a fuga Dentro dela estão os inconfessáveis olhos do adeus Dentro dela está o apelo...de um tempo que (...)

Suspensões...

Lembro-me de um pássaro que voava na oblíqua linha do horizonte Era um pássaro de vida... Como todos os outros que se recortavam no calor da minha vidraça Era feito de brisa e beijo...era (...)