Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Castiçais

Profanadas foram as esperas Infinitos foram os beijos e as esperas Boca de anis a dividir as tardes Boca de sol a fitar os ventos Infinitos gestos a amar as brisas Luz de colinas a (...)

Loucura

Se eu pudesse tocar na loucura... Só para senti-la como a sentem os loucos Se eu lá encontrasse um caminho perdido... Seria também louco Ou seria uma sentinela a guardar o destino Ou (...)

Sonhos

Há um ritmo no vento Há uma nostalgia escondida em cada espelho Cabelos longos...trilhos de ternura secular Dentro de nós...os sonhos transformam-se em estátuas Crescem como um (...)

Pecado

Na pedra e na cal respiram as mãos do tempo Nos terraços alargam-se os horizontes das pupilas Como um perfume de cidade parada sobre a nossa densa vida.   É a noite... é o florir da alma... É vento que se enrosca em nós

Perdão

Por dentro da bruma luminosa da manhã Desci a rua como quem persegue um qualquer destino Procurei por entre a sombra plumosa das árvores do algodão A extensão cinzenta de mim próprio Co (...)

Tu e eu

Tu e eu..serenos...sentados em breves linhas do espaço Planando como vozes que não escutam os cânticos naufragados da noite Na névoa escondemos as mãos Aquelas mãos que o tempo reduziu (...)