Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Uma rua....

Uma rua... vazia... Uma sombra de homem... rasa... Uma gota de chuva ecoa na solidão dos olhos... O homem... rasga-se...   Uma rua... de prata Uma sombra... de tédio Um destino sem sombra (...)

Bailado...

Bailam olhos nos cometas Bailam rios bailam prados Bailam até os soldados Bailam as volúveis tetas   Bailam faces nos espelhos Bailam inflexíveis farsas Bailam faróis nos desenhos (...)

Êxtase...

Vejo o teu corpo encharcado em volúpia Vejo o espanto que se ergue...como a voracidade das aves E vejo as coisas sem forma soerguerem-se nas suas asas Não há tristeza nos corpos que se roçam (...)

Canto...

Canta minha pedra de lume Chora minha chama de treva Acorda este tempo de silêncio Arde na bruma da tristeza Porque dentro de ti... Há o declínio das estrelas Tu sabes que a vida é um (...)

Segredo...

Segredo ao vento noites de doçura... Erguendo-me como um som profundo...vindo do coração Um som que me assedia os dias...e te oferece a tentação Como um raio de luz secreta que acende as (...)

Música

Como música expirada a plenos pulmões Transpiram de mim frases em línguas estranhas Talvez assim me percebas... Talvez estas frases se enrosquem em ti E te prendam como veias entrelaçadas Tal (...)