Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

O destino

O destino é uma abstracção que submerge o Homem. E o Homem é o reflexo de si próprio enleado na escuridão do Destino. Consistindo o drama do Homem, na impossibilidade de provar a sua (...)

É a vida!

Não há cansaço. Não há agosto nem presente. Há apenas uma pegada transparente. Um irremediável descampado omnipresente. Um irreprimível sentimento de tarde inalcançada. Nas mãos nascem (...)

Tempo raso

Cheio de vento...de música...de tudo Cheio de sonho e de frio Cheio de mundo...de espuma e de fantasia Cheio de um tempo raso e de um fingido silêncio Colo a boca à noite...e prendo os olhos..