Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Vacilante estrela

És sempre tu minha vacilante estrela Que corre para me sentir os braços És sempre tu minha comprida vela Que se ergue de mim para habitar os espaços   Pegar na luz e oferecer a minha claridade

Porque somos água.

A vida continua a escrever-se mesmo quando estamos sentados ou pensativos. A vida caminha por becos e saguões, por luzes e miradouros, por jarras  onde camélias de plástico disfarçam a (...)

Pensamentos soltos...

I Era inverno. A chuva caía e arrastou os nossos corpos para a primeira vez em que nos encontrámos. II Tive uma varanda que dava para o voo das andorinhas. E sempre que elas chegavam eu sentia (...)

Incêndio...

  Meu pequeno dedo que apontas para uma terra onde nenhum coração te toca Indicas o caminho onde nenhuma boca bebe Que terra é essa onde os caminhos vão dar a ti E tu... finges pairar num (...)

Lentamente ...

  De repente veio aquela força Lentamente ...plantou-se em mim como se habitasse um pedestal Pétalas de sonho despontavam na minha mão Eu...tremia como quando a terra se assusta E (...)