Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

O tempo acabou!

Ontem percorri as penas dos pássaros. Despi-me como quem declara paz a si próprio. Separei-me dos espinhos. Percorri as marés. Oscilei como um pêndulo geometricamente avariado. Espreitei (...)

Feliz

Feliz como quem não dorme e pode viajar por todos os cumes nevados Por todos os rios e por todas as folhagens... Por todas as flores de todas as cores Feliz como o fogo que acalenta a casa (...)

Espelho

Dentro do espelho ficou presa a imagem de um rosto Solitária casca sem tempo nem verdade A boca fala de memórias de luas esquecidas O tempo balança-se nas conchas do outono É altura de (...)

Dança

Danço comprimido e gelado...como uma natureza morta Danço como um animal embaraçado...não abdico da fatalidade Mas... danço...energicamente danço... como o espírito de um aflito.   N (...)

A flor

Tudo mudou...as coisas deixaram de ser coisas...tornaram-se ridículas depois daquele dia em que decidimos que devíamos ser felizes..ou não as portas abriram-se e os nossos corpos que (...)